26/11/2020 - 12h16 Notícia

Dia do Encontro promove brincadeiras para estimular a adoção

Iniciativa do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul tem bons resultados com jovens que têm chances reduzidas de colocação em família pelo SNA

Dar visibilidade a crianças e adolescentes em situação de acolhimento institucional que tiveram esgotadas as chances de colocação em família substituta por meio do Sistema Nacional de Adoção e Acolhimento (SNA). Este é o objetivo da prática Dia do Encontro, realizada pelo Tribunal de Justiça do RS. Desde 2018, o trabalho já conseguiu formar 15 novas famílias e tem três crianças em fase de guarda, graças ao envolvimento de voluntários e servidores que organizam tardes de atividades lúdicas para tornar mais fluente a interação entre os jovens e possíveis pais.

 

A iniciativa, que busca famílias para os jovens, é finalista na Categoria Tribunal do 17º. Prêmio Innovare. A premiação destaca as boas iniciativas da área jurídica, idealizadas e colocadas em prática por advogados, defensores, promotores, magistrados e por profissionais interessados em aprimorar a Justiça brasileira, facilitando o acesso da população ao atendimento.

“Em todos estes anos de que participo do Innovare eu nunca me deparei com uma prática que tivesse me sensibilizado tanto, me deixado realmente emocionado”, revelou o advogado Manuel Alceu Affonso Ferreira, durante a defesa das práticas na reunião da Comissão Julgadora do Prêmio Innovare. “Já é a terceira edição desta prática que tem tido muito sucesso e resultados, com propostas de adoção consumadas, de maneira que isso me entusiasmou muito. Essa prática realmente me seduziu. Eu sou fã”.

 

Dia de atividades lúdicas desperta emoções e afinidades

O Dia do Encontro reúne os jovens para adoção e os potenciais adotantes, já habilitados, em uma tarde inteira de atividades culturais, lúdicas e recreativas. O objetivo é proporcionar a integração entre os participantes através da confraternização, do brincar e da diversão. Essa proposta também visa a oportunizar a socialização das crianças e adolescentes fora do espaço de acolhimento institucional com pessoas habilitadas para adoção e com outras crianças e adolescentes acolhidos.

“A nossa maior preocupação é com crianças e adolescentes em situação de acolhimento institucional que tiveram esgotadas as chances de colocação em família substituta por meio do SNA. Isso acontece por terem sido inseridas no cadastro há muito tempo e, desde então, lá permanecem, sem que houvesse pretendentes interessados em adotar”, explica a desembargadora Denise Oliveira César, autora da prática. “A ausência de interesse estava fundada no fato de que os pretendentes não queriam grupo de irmãos e aceitavam somente crianças saudáveis com até no máximo 6 a 8 anos. Ou seja: estes jovens atendidos pelo Dia do Encontro nem eram considerados como possibilidade para os pretendentes”.

 

Além da desembargadora, também participam da equipe a Juíza-Corregedora Coordenadora da Coordenadoria da Infância e Juventude (CIJRS), Dr.ª Nara Cristina Neumann Cano Saraiva; a Assistente Social - Chefe de Serviço da CIJRS, Marleci Hoffmeister; a Assistente Social da CIJRS Graziela Milani Leal; e a Assessora Jurídica da CIJRS, Carine Caus Caon.

 

SNA indica mais de 5 mil crianças e jovens para adoção

De acordo com o painel on-line do SNA, implantado nacionalmente em 2019 , no mês de novembro, 30.797 crianças e jovens estavam sob o regime de acolhimento. Destas, 5.317 estão disponíveis para adoção, sendo 1.317 na Região Sul. A 1ª edição do Dia do Encontro, ocorrida em outubro de 2018, possibilitou a aproximação entre 70 crianças e adolescentes aptos à adoção e 140 pretendentes habilitados e resultou em 24 manifestações de interesse na adoção de jovens participantes do evento.

 

A 2ª edição do Dia do Encontro, ocorrida em maio de 2019, possibilitou a aproximação entre 82 crianças e adolescentes aptos à adoção e 80 pretendentes habilitados e resultou em 13 manifestações de interesse na adoção de jovens participantes do evento. Da 1ª e 2ª edições decorreram nove adoções e o deferimento da guarda de uma criança/adolescente.

 

A 3ª edição do Dia do Encontro, ocorrida em outubro de 2019, possibilitou a aproximação entre 107 crianças e adolescentes aptos à adoção e 89 pretendentes habilitados e resultou em 11 manifestações de interesse na adoção de jovens participantes do evento, das quais decorreu o deferimento da guarda de quatro crianças e adolescentes que se encontram em estágio de convivência.

 

Para Fernanda Schereiber, mãe de duas irmãs adotadas através da prática, o trabalho é muito importante por facilitar o trabalho de busca e abrir novas perspectivas. “Eu vivenciei esse processo e ele foi decisivo para que eu e meu marido adotássemos uma adolescente e uma criança (irmãs) que não estavam dentro da faixa etária que havíamos estabelecido como adequada para a adoção”, contou, feliz e emocionada.

 

Sobre o Prêmio Innovare

Criado em 2004, o Prêmio Innovare vem trabalhando para identificar e colocar em evidência iniciativas desenvolvidas voluntariamente que trazem soluções inovadoras, ampliam a proximidade entre instituições jurídicas e a população e contribuem para o aprimoramento da Justiça brasileira. Ao todo, já foram premiadas 226 práticas, entre mais de 7 mil trabalhos, em diferentes áreas da atuação jurídica. Todas as iniciativas selecionadas são incluídas no Banco de Práticas do Innovare.

Em sua 17ª. edição, o Innovare já premiou duas práticas, na nova Categoria CNJ/Gestão Judiciária e na categoria Destaque, com o tema “Defesa da Liberdade”. Também foram escolhidas, durante a reunião da Comissão Julgadora, outras 12 práticas que disputam a premiação em seis categorias: Tribunal, Juiz, Ministério Público, Defensoria Pública, Advocacia e Justiça e Cidadania. O resultado final e os prêmios serão entregues durante cerimônia on-line no próximo dia 01 de dezembro, transmitida pelo canal do Innovare no YouTube (https://www.youtube.com/c/premioinnovarecanal).

O Prêmio conta com o apoio de instituições parceiras que colaboram para a credibilidade e prestígio da premiação. Entre elas estão a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp), Associação Nacional das Defensoras e Defensores Públicos (Anadep),  Associação dos Juízes Federais (Ajufe), Conselho Federal da OAB, Associação Nacional dos Procuradores de República (ANPR), Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e a Secretaria Nacional de Justiça do Ministério da Justiça e Segurança Pública, com o apoio do Grupo Globo.

 

Informações para a imprensa:

Simbiose Conteúdo

 

Márcia Miranda e Renata Mendonça

Cel: (21) 99618-5751 (WhatsApp) 

comunicacao@premioinnovare.com.br

marciamiranda.assessoria@gmail.com

 

Siga nossas redes:

Instagram                                    Facebook                                    YouTube

 

Fotos em: https://www.flickr.com/photos/184772512@N07/albums/72157716848103932/with/50591044951/